3 Formas Lucrativas de Saber Como Vender Roupas pela Internet em 2021

Sabe quando você se pergunta como vender roupas pela internet e não saca a razão para seguir na mesma? Pois é, mano, essa fita é comum e eu quero mostrar para você que 2021 é o ano chave para dar o boom.

A pandemia permanecerá no Brasil até o ano que vem e continuará nesse “abre e fecha” chato. Só que o correio nunca fecha e as pessoas precisam seguir comprando roupas, concorda comigo?

Então, é a hora de aprender a como vender roupas pela internet e tirar uma grana a mais nesse período né não!? Abaixo vou dar o papo sobre as formas lucrativas para você usar esse momento a seu favor.

como vender roupas pela internet
como vender roupas pela internet

Como vender roupas pela internet de três maneiras?

Antes de falar as maneiras de lucrar vendendo roupas, preciso dar o papo sobre as formas de você conseguir os produtos. São três principais e vou passar o mapa do tesouro para você sacar como a parada é fácil.

  • Dropshipping– Essa é a mais fácil e você precisa apenas achar fornecedores, criar um e-commerce e colocar uma margem de lucro. Você vende e cuida do pós-venda, pois a entrega é com o fornecedor.
  • Buscar os produtos nas lojas– É um pouco arriscado dependendo do momento, mas consiste em mapear as lojas e ir buscar as peças. Se essa for a sua escolha, use máscara, álcool em gel e proteja-se.
  • Receber os produtos pela internet– Muitas lojas tem canais no YouTube e redes sociais, enviando os produtos para você. O pagamento é por boleto ou transferência e o envio é imediato.

Agora depende de tudo, mas se ligue em como vender roupas pela internet de três formas lucrativas. Vou dar a letra sobre uma por uma e mostrar que é mais fácil do que tu pensa.

Minhas redes sociais

Use os principais marketplaces do mercado

Alguns marketplaces são da hora para você vender as suas roupas e a parada é suave. Você insere os anúncios, faz a venda, envia pelo correio, a pessoa recebe e o pagamento caí para você.

Parceiro, tem cobranças neste meio, como por exemplo: comissão de venda, valor por venda, etc. Cada plataforma tem a sua cobrança e vale a pena estudar o que cada uma indica, mas veja as três principais:

  • Mercado Livre– Maior marketplace do Brasil, essa plataforma é muito usada e é a preferida de muitos. Não é cobrado valor por anúncio e você pode vender roupas de todos os valores, sem qualquer problema.
  • Shoope– Embora ainda seja um marketplace novo, a plataforma tem tudo para subir e está com boas promoções. Vale muito a pena dar uma conferida nas condições e aderir a essa excelente opção.
  • Amazon– O processo é parecido com as demais, mas a diferença é que a empresa faz sucesso no mundo todo. Os planos não são iguais, mas bons para quem está dando os primeiros passos.

Agora que você já sabe que há um caminho top para usar os marketplaces, sabe qual a vantagem dos três? Meu ou minha jovem, é devido a eles já terem um bom nome no mercado e uma estrutura pronta, em que você apenas usa e vende.

Por exemplo: ninguém diz que comprou roupas da Loja Madame G, porque as pessoas dizem que compraram do Mercado Livre. É uma forma suave de começar e detalhe: com o tempo elas estão ficando cada vez melhores.

Monte um e-commerce

Se você quiser aprender como vender roupas pela internet assim, a dica que passo é dominar conhecimentos sobre construção de sites. Existem muitas plataformas que auxiliam e deixam o trabalho muito mais simples.

A montagem de um e-commerce é mais fácil do que você pensa, pois é preciso apenas acessar a plataforma e selecionar o layout da loja. Não é necessário dominar programação e nem nada dessas paradas avançadas.

Quando você for montar o seu e-commerce, fique esperto com o registro de domínios e os custos com hospedagens. Detalhe: algumas plataformas oferecem a possibilidade de hospedar o site sem cobranças adicionais. 

Para ter tráfego, é preciso investir em técnicas orgânicas e também nas campanhas pagas. Porém, esse assunto é um outro passo e trabalho melhor nesse texto aqui.

Venda pelas redes sociais 

Uma forma que ainda dá certo, mesmo não sendo tão segura, é fazer as vendas pelas redes sociais. Pode ser anunciado em grupos do seu bairro ou cidade e tu apresenta o produto, mas é importante ter cuidado com os riscos.

Se quiser, utilize o recurso de Loja Virtual no Instagram e só anuncie os produtos lá. Essa parada pode trazer um pouco de limitação para o negócio e nem todo mundo compra por lá.

No caso das redes sociais, use para captar clientes e levar para a sua loja virtual. No marketplace ou não, saiba que as redes sociais são o grande lance do momento e trazem clientes para dar o golpe final.

Para finalizar esse bate-papo, saiba que não tem uma forma de saber como vender roupas pela internet melhor do que a outra. Procure analisar cada uma e escolha a que se encaixe naquilo que você projeta 😊.

Leave a Reply

vinte − 18 =